Das 44 espécies inventariadas na zona de Moroços, 24 (53%) são actualmente aceites como endemismos de Cabo Verde. Desses endemismos, 9 constam da Primeira Lista Vermelha de Cabo Verde.