Edifício dos finais do séc. XIX onde viveu o ilustre compositor e poeta que refundou a morna cabo-verdiana com novas sonoridades, usando pela primeira vez o crioulo nas letras das músicas. Nasceu em 1867 e faleceu em 1930.