A ILHA ROMÂNTICA

67 km2 de puro encanto! A Ilha Brava é a mais pequena de todo o arquipélago, mas uma das mais verdes, frescas e floridas, características que motivaram o seu cognome
“Ilha das Flores”.


O seu pequeno território é fértil em vegetação; montanhas, miradouros, aldeias encantadoras e uma cidade – Nova Sintra – que ganhou o nome pela comparação com a vila de Sintra, em Portugal, com a qual partilha do mesmo tipo de arquitetura e clima fresco e húmido.

NOVA SINTRA: A cidade das flores

É Elevada a Património Nacional em 2013, Nova Sintra é a sede do concelho e o maior centro urbano da ilha. Mas a cidade, com pouco mais de 7 mil habitantes, conserva os traços e o ritmo do seu passado colonial. E à volta da praça Eugénio Tavares que os bravenses vivem o seu quotidiano. A casa onde viveu foi transformada em museu. À noite é frequente haver pequenas tocatinas, tertúlias de música tradicional, em bares ou casas particulares abertas aos visitantes.

EXPLORANDO A ILHA E SEUS RECANTOS

Já tínhamos aqui referido que a Brava é uma ilha que convida ao romance, mas nunca é demais repetir. Saindo da bucólica Nova Sintra, na direção das montanhas, a Brava revela-se igualmente encantadora. Com miradouros que tiram partido da vista privilegiada sobre a vizinha ilha do Fogo, contrastada com o azul do mar que se estende aos seus pés.
Fajã de Água é de visita obrigatória. Uma pequena baía recortada na escarpa imponente, com uma fileira de casas térreas e coloridas. Aqui pode banhar-se nas piscinas naturais de águas cristalinas ou apreciar o movimento dos barcos de pesca.

ONDE FICAR

Nova Sintra e Fajã de Água, as zonas mais turísticas, têm várias pensões e casas de acolhimento. Algumas delas situadas em edifícios coloniais que foram recuperados. Há também, no resto da ilha, casas particulares que recebem turistas.

ONDE COMER

A Brava tem vários pratos típicos à base de carne de cabra, nomeadamente a djagacida acompanhada do tradicional xerém. Há também peixe fresco em vários dos restaurantes da ilha.

ONDE COMPRAR

A Brava tem tradição em bordados, rendas e bonecas de pano que podem ser adquiridas na cidade de Nova Sintra. Há também artesãos, nas aldeias circundantes que fazem trabalhos de cestaria e esculturas em pedra.