tboavista

UMA TERRA COROADA DE PRAIAS

É uma das maiores ilhas do arquipélago de Cabo Verde e também uma das mais planas. Está rodeada por ilhéus que fazem as delícias dos amantes da natureza e do mergulho; e na orla que a cerca foram medidos 55 impressionantes quilómetros de praias de areias brancas e águas cristalinas. Não surpreende que, uma vez esgotada a indústria do sal, a ilha da Boavista esteja a transformar-se num dos eldorados turísticos do arquipélago, seguindo o destino da vizinha ilha do Sal, tirando partido do paraíso que é a sua coroa de praias.

As praias, o lazer, a natureza e a descoberta são actualmente as “indústrias” mais florescentes da Boavista, orientadas para o usufruto dos visitantes e garantia de trabalho e sustento dos naturais. Praia da Chave, Praia de Santa Mónica, com os seus 18 quilómetros, Praia de São Cristóvão são atrações cujos nomes já correm mundo.

imagem-boavista-texto

Um fim de tarde inesquecível, que justifica a gazeta a uma sessão de mergulho ou de surf, pode ser vivida ao compasso das tocatinas de Sal Rei, seguindo-se uma lagosta da com o toque da Boavista, acompanhada por uma fabulosa sopa de peixe.

O mar, naturalmente, é um íman irresistível, mas os adeptos da natação ou de banhos perfeitos em harmonia com a natureza têm ao seu dispor o Olho do Mar, baptismo enganador para uma piscina natural de água doce em rocha vulcânica, a lembrar a origem da ilha. De facto, mirando o horizonte de dunas a perder de vista, intercaladas por pequenos oásis de tamareiras, poucos serão os que imaginam a Boavista num berço vulcânico.

dunas-boavista

ONDE FICAR

É aconselhável reservar alojamento antes de viajar para Boa Vista.

ONDE COMER

A dieta tradicional de Boa Vista assenta no peixe e nos mariscos – sobretudo a lagosta. O chicharro seco assado é o prato de boas-vindas. Não deixe de experimentar o famoso queijo de cabra.