PT EN IT FR |O Guia |Contactos |Ligações |Pesquisa
 Economia

Desde 1975 que Cabo Verde apresenta índices de crescimento económico muito elevados, estimando-se actualmente que o rendimento médio/anual per capita se situe nos US$ 2.000 e a inflação se fique pelos 1,5% anuais. A estabilidade política, o investimento na Educação e as receitas dos emigrantes são as principais razões deste êxito. Cabo Verde foi desde sempre uma terra de emigrantes, gozando por isso da entrada de divisas enviadas pelos seus filhos que, apesar de fisicamente ausentes, mantêm a alma e o sonho na sua terra natal.

Actualmente Cabo Verde está cotado com o quarto melhor índice de qualidade de vida dos países africanos. Apesar disso, 25% da força activa do arquipélago está no desemprego, 14% da população é muito pobre e cerca de 30% é pobre – segundo estimativas do Banco Mundial.

O sector primário (agricultura) ocupa 80% da força de trabalho, satisfazendo apenas 15% das necessidades, o que demonstra a forte dependência da economia do arquipélago das importações. Estas provêm maioritariamente de países europeus (80%), com destaque para Portugal (38%) – países esses que absorvem 33% das exportações do país.

A pesca, ainda pouco desenvolvi-da, tem condições para se transformar numa atividade produtiva de grande importância, não só ao nível das capturas, como também das indústrias derivadas. Mas a “jóia da coroa” do desenvolvi-mento económico cabo-verdiano é o turismo, cujo crescimento, de acordo com o último relatório do INE - Instituto Nacional de Estatísticas - do 1º trimestre de 2013, baseado em estatísticas do turismo, o sector da hotelaria em Cabo Verde, mais concretamente o número de hóspedes nos estabelecimentos hoteleiros do país aumentou 18,5% no primeiro trimestre de 2013, face ao mesmo período de 2012.

Pesquisar Hotéis

Data de check-in

calendar

Data de check-out

calendar
Copyright © 2013 Directel Blog do Guia Turstico de Cabo Verde